USP Analisa discute papel da Emplasa nas regiões metropolitanas


O USP Analisa está apresentando uma série especial sobre a importância das regiões metropolitanas e o que o fato de integrá-las muda na vida dos cidadãos. No programa desta semana, o entrevistado é o presidente da Empresa Paulista de Planejamento Metropolitano (Emplasa) Luiz José Pedretti.

Ele vai falar sobre as razões pelas quais essas regiões são criadas, que estão ligadas à redução da desigualdade social e à promoção do bem-estar dos cidadãos. “O objetivo da criação dessas unidades regionais é que nós nos debrucemos sobre problemas que afligem a população em busca de soluções conjuntas diante de um compartilhamento de ações e de integração de políticas públicas municipais e estaduais. Então o que se objetiva futuramente na região metropolitana de Ribeirão Preto é que a sociedade tenha uma melhor qualidade de vida, por ocasião da resolução ou enfrentamento dos problemas que nós consideramos regionais”, explica.

Pedretti comenta ainda sobre o papel da empresa na formação das regiões metropolitanas. “Ela começa como agência da Região Metropolitana de São Paulo e a partir do momento em que o governo do Estado resolve instituir novas regiões metropolitanas, coube à Emplasa a realização de todos os estudos técnicos e jurídicos para que possamos configurar, dentro da legislação vigente, aqueles municípios que podem ser transformados em região metropolitana ou aglomeração urbana”.

O programa vai ao ar na Rádio USP nesta sexta (17), a partir das 12h, com reapresentação na quarta (22), às 21h, e no domingo (26), às 11h30. O USP Analisa é uma produção conjunta da Rádio USP Ribeirão Preto (107,9 MHz) e do Instituto de Estudos Avançados Polo Ribeirão Preto (IEA-RP) da USP.


Série especial discute importância das regiões metropolitanas


Ribeirão Preto e São Paulo integram duas das maiores regiões metropolitanas do País. Mas, na prática, o que o fato de fazer parte de uma região metropolitana muda na vida do cidadão? Para responder a essa pergunta, o USP Analisa inicia hoje uma série de seis programas, com entrevistados nos níveis federal, estadual, regional e municipal. A iniciativa tem a parceria da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto (FEA-RP) da USP e conta com a participação, em estúdio, do docente Erasmo José Gomes.

No primeiro programa, o subsecretário de Assuntos Metropolitanos do Estado de São Paulo, Edmur Mesquita explica como funcionam as regiões metropolitanas e o processo de implantação delas no Estado de São Paulo. Segundo ele, a forma como essas regiões são previstas na Constituição permite pensar o planejamento e produzir soluções em diversas áreas.

“As grandes experiências que ocorrem hoje no mundo, especialmente na Europa com as regiões metropolitanas e nos Estados Unidos com os condados, são semelhantes ao que está sendo desenvolvido hoje no Estado de São Paulo”, diz ele.

O programa vai ao ar na Rádio USP nesta sexta (10), a partir das 12h, com reapresentação na quarta (15), às 21h, e no domingo (19), às 11h30. O USP Analisa é uma produção conjunta da Rádio USP Ribeirão Preto (107,9 MHz) e do Instituto de Estudos Avançados Polo Ribeirão Preto (IEA-RP) da USP.

NEWroscience 2018


A Rede Ciência, Arte, Educação e Sociedade (Cienartes) do Instituto de Estudos Avançados Polo Ribeirão Preto (IEA-RP) da USP e o Laboratório de Neurofisiologia e Neuroetologia Experimental (LNNE) da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da USP promovem entre os dias 18 e 21 de setembro, no Anfiteatro da Faculdade de Direito de Ribeirão Preto da USP, o NEWroscience 2018.


Esta é a quinta edição, a terceira internacional, desse simpósio que é realizado a cada cinco anos pelo LNNE. Neste ano, ele terá como tema a busca pela cura da epilepsia ao longo dos séculos e através das culturas, abordando ainda redes complexas cerebrais e edição de DNA. O evento também comemora os 30 anos do Laboratório.

Ao todo, serão cerca de 40 apresentações nacionais e internacionais. À frente das internacionais, estão especialistas ligados a centros de pesquisa dos Estados Unidos, Dinamarca, México, Argentina, Colômbia, Finlândia, Espanha, Irlanda, Austrália, Itália, República Tcheca, Inglaterra e Senegal.


Assim como nas últimas edições, os palestrantes do NEWroscience 2018 escreverão artigos sobre os assuntos discutidos em suas apresentações, os quais vão compor uma edição especial da publicação científica Epilepsy & Behavior, que tem como editor-chefe o docente da Harvard University Steve Schachter e como editor convidado o docente da FMRP-USP e organizador do evento Norberto Garcia-Cairasco.


O simpósio é voltado à comunidade científica no campo das neurociências, englobando alunos de graduação, pós-graduação, profissionais da área da saúde, humanidades, artes plásticas, ciências da computação, engenharias e demais interessados pelo assunto.

Mais informações: newroscience2018@gmail.com ou www.newroscience.com

As inscrições devem ser feitas no link abaixo e o prazo para submissão de trabalhos é até o dia 18 de agosto.




Epilepsia no dia a dia

Paralelamente ao NEWroscience, a Rede CienArtES e a Federação Brasileira de Epilepsia (EpiBrasil) promovem no dia 20 de setembro, a partir das 19h, no Espaço de Eventos do IEA-RP, a palestra "Epilepsia no dia a dia", que vai abordar informações sobre a doença e orientar sobre tratamentos disponíveis. 

Os palestrantes serão a secretária executiva da EpiBrasil Maria Carolina Doretto, a presidente da Liga Brasileira de Epilepsia, Vera Cristina Terra, e o pesquisador na área de genética das epilepsias Artur Fernandes. O evento é gratuito e aberto ao público. As inscrições devem ser feitas neste formulário.

III Simpósio de Biotecnologia

A Sirius Biotecnologia Junior, empresa júnior do curso de Ciências Biomédicas da USP Ribeirão Preto, promove no dia 18 de agosto, a partir das 8h, no Auditório do Bloco Didático da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da USP, o III Simpósio de Biotecnologia. 

O evento, que conta com o apoio do Instituto de Estudos Avançados Polo Ribeirão Preto (IEA-RP) da USP, tem como objetivo debater os mais novos temas na área de biotecnologia, ampliando o campo de atuação para alunos de graduação e pós-graduação na área. 

Entre os palestrantes, estão a docente da Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto da USP Kamilla Swiech Antonietto, o representante da Associação Brasileira de Biotecnologia Industrial (ABBI) Thiago Falda, a representante da Sophia Genetics Ana Paula Korbes, a representante da Merck Paola Braga, o pesquisador da Embrapa Felipe Rodrigues da Silva e o representante da BD Biosciences Renan Antonialli. Eles vão abordar suas próprias experiências nessas empresas e instituições e apresentar suas visões sobre o mercado.

Inscrição e mais informações: 
siriusbiotecnologia.wixsite.com/siriusbiotecjr.

IEA-RP disponibiliza vaga para bolsistas

O Instituto de Estudos Avançados da USP, Polo Ribeirão Preto (IEA-RP) está com duas vagas de bolsista disponíveis no Programa Unificado de Bolsas de Estudos para Estudantes de Graduação da USP (PUB) edital 2018/2019.

Os bolsistas auxiliarão nas diversas etapas que envolvem a organização e promoção de eventos científicos, colaborando também com a produção e divulgação de conteúdo para os meios digitais.

A carga horária será de 10 horas semanais e o valor da bolsa é R$400 mensais. As inscrições podem ser realizadas até o dia 15/08 no Sistema JúpiterWeb (https://uspdigital.usp.br/jupiterweb), selecionando o menu Gestão de Bolsas, Programa Unificado de Bolsas, escolhendo a Unidade "IEA" e selecionando o projeto "Difusão científica na prática".

As vagas do edital são destinadas a alunos da USP inscritos no Programa de Apoio à Permanência e Formação Estudantil (PAPFE). Para visualizar o edital completo, clique aqui.

Mais informações: 3315-0368 ou iearp@usp.br

Mercado da computação no Brasil é tema do USP Analisa


O crescimento da demanda por profissionais da área de ciências da computação tem tornado a carreira atrativa para milhares de estudantes que disputam vagas nas universidades públicas e privadas em todo o Brasil. De acordo com estudo encomendado pela empresa de soluções em tecnologia da informação Cisco, até 2019 o País vai precisar de 161 mil profissionais para suprir essa necessidade.

Para falar sobre esse tema e dar detalhes sobre o novo curso de Ciências da Computação que será oferecido pela USP Ribeirão Preto a partir de 2019, o USP Analisa desta semana conversa com o professor da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto da USP Joaquim Cezar Felipe.

“O avanço da informatização invadiu todos os setores produtivos, desde a saúde até a agricultura. A importância da inovação como fonte de competitividade para as empresas, a globalização dos mercados, a convergência de diferentes tecnologias, tudo isso leva a uma dependência em relação aos sistemas informatizados. Uma dependência boa, porque na verdade eles trazem muitos benefícios”, afirma Felipe.

O programa vai ao ar na Rádio USP nesta sexta (3), a partir das 12h, com reapresentação na quarta (8), às 21h, e no domingo (12), às 11h30. O USP Analisa é uma produção conjunta da Rádio USP Ribeirão Preto (107,9 MHz) e do Instituto de Estudos Avançados Polo Ribeirão Preto (IEA-RP) da USP.

Cartografias do contemporâneo


Compreender a atual crise político-econômica exige uma reflexão que passa por temas como o acelerado processo de globalização dos últimos 40 anos, as transformações em curso tanto no mercado quanto nos sistemas políticos e a intensificação da cultura do compartilhamento, processo trazido pela popularização da internet e das redes sociais.

Para contribuir com essa discussão, a Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras (FFLCRP) e o Programa de Pós-Graduação em Psicologia da USP Ribeirão Preto, em parceria com o Instituto de Estudos Avançados Polo Ribeirão Preto da USP promovem nos dias 22 e 23 de agosto, às 14h30, no Espaço de Eventos do IEA-RP, o seminário “Cartografias do Contemporâneo: Crise, Conjuntura e o Problema do Comum”.

As apresentações serão conduzidas pelos professores da FFCLRP-USP Reinaldo Furlan e Sérgio César da Fonseca, pelo pesquisador de pós-doutorado da USP Felipe Ziotti Narita e pelo professor da Unesp Assis Danilo Saretta Verissimo.

O evento vai abordar dimensões da crise contemporânea a partir de temas como globalização, neoliberalismo, razão instrumental e autonomização do sistema econômico. O horizonte do comum, composto pelos itens que são compartilhados pela sociedade, será tratado com ênfase na conjuntura brasileira e em seus impasses políticos e sociais. 

O seminário é organizado pelos pesquisadores Reinaldo Furlan, Sérgio da Fonseca e Felipe Narita.

Download do material do seminário: Clique aqui

Mais informações: iearp@usp.br | (16) 3315 0368. 


Palestrantes:

Reinaldo Furlan: Possui doutorado em Filosofia pela Unicamp e realizou estágio de pós-doutoramento na Universidade Jean Moulin, Lyon 3, França. Atualmente é professor de filosofia no curso de psicologia (graduação e pós-graduação) da FFCLRP-USP. Suas pesquisas se concentram na filosofia francesa contemporânea. Seu projeto atual investiga, de um ponto de vista psicossocial, problemas e desafios da sociedade moderna contemporânea, em particular, o tipo de subjetividade produzida na forma de vida atual promovida pela expansão do neocapitalismo.

Sérgio César da Fonseca: possui pós-doutorado pela UFMG e doutorado em Educação pela Unesp. Atua como docente do Departamento de Educação, Informação e Comunicação e do Programa de Pós-Graduação em Educação da FFCLRP-USP. É um dos líderes do Laboratório de Estudos e Pesquisas sobre Infância, Juventude e Educação da USP (LEPINJE).

Danilo Saretta Verissimo: possui doutorado em psicologia pela Universidade de São Paulo e em filosofia pela Université Jean Moulin - Lyon III, França. É professor assistente doutor no Departamento de Psicologia Social e Educacional da Faculdade de Ciências e Letras de Assis da Unesp e integra a linha de pesquisa “Epistemologia e Psicologia: a Relação Sujeito-Objeto” do Programa de Pós-Graduação em Psicologia da mesma faculdade. Suas pesquisas são concentradas nas áreas de filosofia, epistemologia e história da psicologia; fenomenologia; percepção; cultura contemporânea; corpo; movimento; Merleau-Ponty; epistemologia do desenvolvimento humano; e psicologia da saúde.

Felipe Ziotti Narita: pesquisador de pós-doutorado da USP, com doutorado em História pela Unesp. Conferencista convidado da inauguração do Forschungskreis Gregor Girard (FK2G) da Universidade de Friburgo (Suíça) e docente da pós-graduação na Unesp e da graduação no Centro Universitário Barão de Mauá e na FFCL. Atua como editor associado do grupo polonês Theoretical Practice (Univ. Adam Mickiewicz). Pesquisador do Laboratório de Estudos e Pesquisas sobre Infância, Juventude e Educação da USP e do grupo “Historiar: narrativas identitárias, conceitos, linguagens” (CNPq). Suas pesquisas se concentram nas áreas: teoria social, modernidade, modernização e ideologia, história da educação, sociologia histórica, educação popular e políticas públicas em educação.